GOVERNADOR PEDRO TAQUES SE REUNIU COM AS ASSOCIAÇÕES DOS MILITARES PARA TRATAR DE QUESTÕES DE INTERESSE DOS POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES.


O Governador Pedro Taques atendendo a uma solicitação das Associações dos Militares Estaduais de Mato Grosso realizou na tarde desta sexta-feira (12/01), uma reunião com os presidentes das associações, Tenente Coronel Wanderson da ASSOF, Subtenente Luciano Esteves pela ASSOADE e Cabo PM Adão Martins da ACS-MT.

A pauta da reunião foi o pagamento da etapa fardamento dos policiais militares promovidos em 2014 e 2015, o auxilio fardamento de todos os PMs e BMs de 2016 e 2017, as horas aulas dos instrutores e monitores de 2014 a 2017, a realização da segunda etapa do CHOA e o concurso para Oficial da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso.

Em relação ao CHOA (Curso de Habilitação de Oficiais Administrativos da PMMT) após explanações dos dirigentes das entidades e do Comando Geral da Polícia Militar o Governo determinou o encaminhamento por parte da Polícia Militar na segunda-feira (15/01) de todo o processo ao Secretário de Segurança Pública Dr. Gustavo para cumprimento de algumas diligências e encaminhamento até a quarta-feira (17/01) de todo o processo para o gabinete do governador Pedro Taques para deliberação final.

A respeito do Concurso para Oficial da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso que agora possui como requisito o Bacharelado em Direito, ficou definido pelo Governador a abertura de 30 vagas para o CFO da PM e a publicação do edital do concurso tanto da PM quanto do Corpo de Bombeiros até o final do mês de março deste ano, para a realização de um curso com duração de um ano e meio.

Sobre a etapa fardamento dos policias militares promovidos em 2014 e 2015, bem como o auxílio fardamento de todos os policiais e bombeiros militares dos anos de 2016 e 2017, ficou definida a data de 08 de fevereiro de 2018 para apresentação do custo total desses passivos trabalhistas e definição de um calendário para pagamento.

A data de 08 de fevereiro também ficou definida para definição do calendário de pagamento das horas aulas de 2014 a 2017 dos militares da ativa que foram instrutores ou monitores nos cursos realizados pela Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso.

Ao final da reunião o Cabo Adão Martins – presidente da Associação de Cabos e Soldados disse que a reunião foi muito produtiva, pois o governador entendeu a necessidade de solucionar as pautas apresentadas pelos presidentes das associações e destacou que esses passivos só não foram ainda quitados com os militares em virtude das dificuldades financeiras pelas quais passou o Estado, más que agora, tendem a serem resolvidas.

O Subtenente PM Luciano Esteves agradeceu ao Governador Pedro Taques por tudo que tem feito em prol da Segurança Pública e destacou que o atendimento das pautas apresentadas pelas associações podem estimular e motivar ainda mais os PMs e BMs de Mato Grosso no desempenho das atividades. Esteves ainda destacou que a concretização do CHOA na PMMT será uma ação importante para toda a tropa, pois possibilitará que os atuais subtenentes galguem um novo posto e possibilitem com isso, que as promoções dos sargentos, cabos e soldados não venham a ficar travadas por ausência de vagas.

O Presidente da Associação dos Oficiais Tenente Coronel Wanderson Nunes reconheceu o esforço e a consideração que o governo do Estado tem tido para com os servidores públicos no que se refere a concessão da reposição inflacionária e o cumprimento de todas as legislações salariais, más enfatizou que as pautas apresentadas pelas associações (auxilio fardamento, hora aula, CHOA e CFO) precisam definitivamente serem solucionadas.

Segundo o Coronel Wanderson, os policiais militares e bombeiros militares de Mato Grosso já deram prova de todo o comprometimento que possuem para com a população e com Governo do nosso Estado e isso pode ser percebido analisando os índices de criminalidade que mês após mês são reduzidos ao custo de muito trabalho e dedicação. No entendimento do Coronel Wanderson agora os policiais e bombeiros militares precisam receberem por parte do Estado a devida contrapartida com o pagamento de seus direitos trabalhistas e a realização dos concursos e capacitações necessárias a fluidez de nossas carreiras.

A reunião foi realizada no gabinete do governador Pedro Taques e participaram dela os Secretários da Casa Civil Deputado Max Russi, de Segurança Pública Dr. Gustavo, da Casa Militar Coronel PM Sodré, o Comandante Geral da Polícia Militar Coronel PM Cunha, o Secretário Adjunto de Segurança Pública Coronel Assis, o Secretário Executivo do Núcleo Sistêmico da SESP Sr. Luiz Gustavo, o Assessor Especial da Casa Civil Sr. Carlos Brito e pelas associações Ten Cel PM Wanderson e Ten Cel PM Lara Filho pela ASSOF, Sub Ten PM Esteves e Sub Ten PM F. Duarte pela ASSOADE e pela ACS-MT o Cabo PM RR Adão e o Sargento BM João Paulo, além do Ten PM RR Jamil e Cabo PM RR Juliano Rabelo pelo Partido da Mobilização Nacional (PMN) e o Vereador por Cuiabá Sargento Joelson Fernandes.